terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Ainda sonho...


Conversando com meus fiéis amigos e revivendo algumas histórias de nossas vidas chegamos à conclusão lógica de que o tão esperado “final feliz” ou o “eu vou ficar com você até o fim” simplesmente não existem, mas seria legal se existissem.
O fato de estar desacreditado sobre isso não fará com que eu pare de procurar em cada relacionamento fracassado aquilo o que quero: Companheirismo.
Mas com o passar do tempo e relacionamentos nos tornamos mais exigentes, exigentes quanto à conversa, futuro da pessoa, suas perspectivas, idade e dentre outros pontos que são de fato importantes.
Outro amigo me disse “nós precisamos ficar menos exigentes!” e eu pensei “se com esse nível de exigência só aparecem pessoas dispensáveis imagine se eu baixar o nível.”, mas fiquei calado e fiz cara de paisagem, já que ele está amando e isso definitivamente afeta o cérebro das pessoas.
Sonhamos com a pessoa certa, mas não a enxergamos em ninguém ou pelo menos em ninguém palpável. Esperamos o impossível, aliás, eu espero o impossível porque não vou querer nada menos que o melhor pra mim, mas não posso esquecer de ser o melhor pra outra pessoa também.
Sonho com um futuro próspero, amando e sendo amado com muita força e intensidade como nunca imaginei na vida, isso é real? No fim de tudo saberei... Ou não.

11 comentários:

Lília disse...

Coisa difícil né? Eu tb estou nessa eterna busca, tb vivo nesse eterno romantismo de que amor e companheirismo podem ser reais.

Mas na minha visão o vou ficar com você até o fim é ficar enquanto o amor existe, enquanto preenche e quando isso deixar de acontecer, não pensar em derrota, mas pensar que foi bom enquanto durou!!

dand disse...

Perfeitoo, magnifico sua filosofia. E o pior é quando gostamos tanto de uma pessoa a ponto de querer que ela seja conforme imaginamos, ou sonhamos, mas sonhar vale a pena, quem sabe um dia não encontramos...Sonhar não cuta nada!!!

Um abraço *-*

Mônica disse...

A tendência é ficarmos mais exigentes mesmo pq evoluir é preciso e devemos querer o melhor para nós, sempre.

Boa sorte na sua busca!

Bjs.

Lobo disse...

Eu acho que não existem finais felizes, nem vidas felizes. Só momentos felizes. Afinal, se não existisse a tristeza, não existiria felicidade.

Um beijo Vanderson!

FOXX disse...

discordo, de verdade
não acho q o final feliz não exista e não aconteça, ele só não é pra todo mundo, e principalmente, pra acontecer um final feliz tem q ser no final. mta gente acha q não vai ter o final feliz, mas mal começou a sua caminhada... o q sinceramente acho q seja o caso de vc e seus amigos, são todos tão novos pra pensar em "vou ficar com vc pra sempre"... simplesmente mto novos.

Paulo Braccini disse...

o problema todo reside em querermos e buscarmos perfeição, eternidade, final feliz ... as coisas são bem mais simples ... tudo é processo e passa por construção ... de uma identidade recíproca se constroe e se alimenta ... a duração ... aí só a vida vai dizer ...

o mais difícil nem é fazer isto ... é entender e assumir isto como fato ...

bjux

;-)

Edilson Cravo disse...

O melhor a fazermos é esquecermos o conceito tão cristalizado de "perfeição" e buscarmos alguém mais real, mais palpável do que os nossos devaneios. Obs: Se te serve de consolo levei 33 anos para encontrar um grande e intenso amor, até então só tinha vivido uma sucesão de ilusões. Abraços queridooo e lindo 2011.

J. M. disse...

No fim das contas, o meu desejo é igual ao seu: amar e ser amado de forma como nunca fui. Também continuo esperando esse dia chegar. Ainda acredito no amor, isso é fato. Abração, querido.

Gabriela Pinheiro disse...

Amei o texto, me senti TOTALMENTE nele!

Sorte pra gente!

;-)

Anonymous disse...

Concordo plenamente! Já passei da época de acreditar em contos de fadas, mesmo tendo consciência disso vivo em busca de algo a mais, o máximo que pode ocorrer é uma felicidade momentânea, principalmente no início, mas tudo passa... Aproveito enquanto dura.

Insana disse...

Realize. faça acontecer..

bjs
Insana