quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Perdoar é lindo.



Já tem um certo tempo que não escrevo aqui, acho que tinha adquirido um certo bloqueio devido a alguns acontecimentos.Estava sem vontade,ânimo pra postar... No próximo dia 10 fariam 5 meses ,mas enfim, voltei. (Acho que o molho de ter arrancado mais um ciso ajudou ... rsrssrs). E vocês?Como estão? Me contem? Desculpem a ausência.


Andei pensando nessa coisa de perdão. Esse tema fica em voga nessa época e eu acho lindo esse sentimentalismo de Maria Madalena arrependida que emana do povo nessa época.Como diz Vanderson,eu morro três vezes com algumas pérolas que eu escuto.A última foi: - Ah! vou mandar e-mail pra fulaninha que não fala comigo há 1 ano e eu nem sem porque. ¬¬ (no comments) rsrsrsrs


Você consegue perdoar quando você lembra do que aconteceu sem mágoa, ressentimento,mas será que isso acontece realmente? Passados 5 meses do que aconteceu comigo eu ainda não me vejo chegando nesse patamar do perdão não oh. Lembro do acontecido e a ânsia de choro,vergonha e raiva ainda tomam conta de mim. Eu acho tudo muito tese,todo esse discurso de ‘’perdoar é ato de grandeza de alma, maturidade e o caralho a quatro até por que é algo que creio eu, seja de livre e espontânea vontade e eu não sinto uma gota de. Pode acontecer também do ser do lado de lá achar que ele não precisa ser perdoado,que ele está coberto de razão por mais insana que tenha sido a ação.


No mais, estou feliz de ter conseguido escrever mais de 5 linhas. Urhu!
\o/

16 comentários:

FOXX disse...

ê sumida!
fiquei curioso pra saber o que aconteceu com vc
mas pelo jeito vc não está preparada pra contar...
então deixa quieto!

Visão disse...

Perdoar é algo natural, mas quem quer perdão que peça, eu que não saio distribuindo. Normalmente eu transformo desafetos em desconhecidos. Anulo-os de minha vida a ponto de tê-los como estranhos, sem nutrir amor ou ódio. Há algumas excessões, mas costumo perdoar a quem amo e quem julgo importante em minha vida.

Wanderley Elian Lima disse...

Bom que voltou
Perdoar é muito difícil, dependendo do ocorrido, sempre vai ficar uma mágoa a impedir esse perdão tão sublime que as pessoas tanto falavam, mas poucos praticam.
Bjão

Paulo Braccini disse...

ah! depende ... tem coisas e pessoas q perdoamos ... outras e outros nem fodendo ...

sou assim e pronto

;-)

ps: por exemplo: eu te perdôo pela ausência ... rs

Edu disse...

Pois é, tudo depende né? Mas acho que pelo menos a tentativa de perdoar pode valer a pena, sempre. Se não der certo, pelo menos você pode odiar sem remorso, hehehe...

Beijo!

Mauri Boffil disse...

tenho dificuldades com essa lição ainda...
Beijos
e feliz aniffrsário pro Van!

Edilson Cravo disse...

Saudades de ve-lo por aqui.
Já parou pra pensar que perdoar é um exercício de humildade?
Isto é uma conversa sua com seus sentimentos mais escondidos e reprimidos...rs
Abraços queridooo.

Lobo disse...

Perdoar exige uma dose cavalar de santismo... que mais da metade do mundo não tem!

Eu relevo as coisas, mas perdoar é um patamar muito, muito além...

Um beijo Rafa! Bom ter você de volta!

daniel silva disse...

tu num vai perdoar é nunca..melhor que o perdão seria o esquecimento..ta mais que na hora de a fila andar..o foda-se já devia ta ligado faz é tempo..ainda bem que voltou a escrever..mas bem que devia colocar umas figuras ai né..mais paragrafo...uma letrazinha maior..rs..há..uma sugestão..da continuação as histórias passadas..tipo..a segunuda temporada..rafaely 2 - o retorno..

Ro Fers disse...

O Perdão é espontãneo, ocorre de uma forma natural...
Confesso que sou meio "durão" nao tolero muita coisa, e nao perdoo fácil...mas é a vida, ngm é perfeito.
Abçs

Insana disse...

Eu ainda cometo o deslise de cometer o mesmo erro só que com pessoas diferentes....
não sei perdoar, não sei dar a cara a tapa novamente..
quem fez uma vez faz sempre..

Bjs
Insana

Dil Santos disse...

Rafa amiga, tu tá bem?
Menino, eu perdouo fácil sabe, eu ñ sou de guardar mágoas, rancores. Eu no começo fico com raiva é claro, pq sou humano, mas depois passa sabe.
Bjo menina

Van amigo, vc tá bem?
Menino, eu tô relapso demais né? Mas pensa na correria q tô, aí junta crise renal e sai nada q presta, kkkkk
Desculpa a demora em responder viu?
Ah menino, quem é q ñ quer tudo aquilo e mais um pouco heim? Se for proibido melhor ainda, rsrs.
Abração

RICARDO disse...

Por favor, urgente:
hoje todos os jornais estão divulgado MAIS UM ataque na região da Paulista, na Frei Caneca, um skinhead com soco inglês…
E estamos perdendo feio lá no site do Conselho Regional de Psicologia de Santa Catariana, a maioria na enquete é contra a PL 122/2006. Eu fico me perguntando do que essa gente tem medo. Quem puder, entra lá e vote “SIM”, por favor..
http://www.crpsc.org.b
Outra coisa, nem sei se gostam do Jabor nestas bandas, mas o que ele falou e como falou hoje, em nossa defesa, em “Covardes atacam homossexuais corajosos” merece emoção e aplausos. Ouçam no link abaixo:
http://cbn.globoradio.globo.com/comentaristas/arnaldo-jabor/2010/12/10/COVARDES-ATACAM-NOS-HOMOSSEXUAIS-CORAJOSOS-A-POPRIA-MISERIA-SEXUAL.htm?utm_source=twitterfeed&utm_medium=twitter
Obrigado,
Ricardo Aguieiras
aguieiras2002@yahoo.com.br

Mônica disse...

Cada um faz aquilo que lhe dá vontade. Se as pessoas esperam essa época do ano para reatarem laços, desde que seja uma vontade sincera, não vejo problema. Pior seria se nem nessa época as pessoas parassem para refletir, pois acho que isso sim é renovação de sentimentos, atitudes, pensamentos, enfim.

No entanto, se as feridas ainda estão abertas, melhor não forçar e deixar que o tempo se encarregue do perdão ou não.

Feliz Natal.

Bjs

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Rafa, um texto tão bom para esta época de fim de ano. melhor a gente perdoar, para começar o ano mais leve. esquecer quem nos fez mal... perdoar e deixar ir, tirá-los de nossa vida, limpar mágoas

vim deixar um grande abraço e aproveito pra te desejar um excelente natal pra vc e os seus, com mta paz, amor e fraternidade.
E que o novo ano de 2011 seja um ano muito bom!

Rodrigo disse...

que bonito texto.