segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Sexo Casual: Praticar ou não Praticar?


“Não Vanderson, você é romântico!” essa foi uma frase que escutei nesse fim de semana, mas na hora respondi “Tu acha?!” e sendo categórico disparei “Acho que não!”.
Sexo casual: É aquele sexo praticado com um desconhecido(a) ou conhecido(a) que não tem envolvimento emocional e serve exclusivamente para obter prazer.
Bem essa é a definição que guardo para esse assunto.
Agora eu pergunto “Isso pode acontecer de fato? O não envolvimento emocional?” Esse foi um dos assuntos que pairaram nesse fim de semana na minha cabeça e que foi muito discutido com os meus amigos.
Caso exposto I: Um amigo pratica um sexo casual que faz a linha Julia Roberts em “Uma Linda Mulher” sem a parte da prostituição, ou seja, não existe “beijo na boca” e defende que é maravilhoso. 
Penso: Eu acredito que seja maravilhoso, libertador a questão de não precisar ligar depois ou mesmo mandar um torpedo dizendo “adorei nossa noite/tarde/dia você foi maravilhoso(a)” ou coisas desse tipo. O não-beijo foi defendido como uma coisa “muito pessoal”, mas e o sexo será que não é mais pessoal que um beijo na boca?! Falei “não me vejo fazendo sexo sem beijar na boca!” e deixei a dica “cuidado pra não se envolver, porque se isso acontecer você estará lascado!”
Caso exposto II: Fazer sexo casual com um amigo/conhecido.
Penso: Pode acontecer, mas depende muito da compreensão de cada um de que aquele momento é só um “momento” e nada mais. Como assim nada mais? E depois? O pensamento no “depois” e no “antes” são fatores que podem ocasionar confusão mental em umas das partes ou nas duas e consequentemente o não sucesso dessa prática. Dica: Não faça se estiver tenso, afinal de contas existem tantas pessoas por aí e você vai querer transar logo com o seu amigo?! Não!
Caso exposto III: Depois de quanto tempo de namoro terminado você consegue fazer um sexo casual libertador?
Penso: Isso depende de cada pessoa. No meu caso ainda não estou preparado e começo a acreditar no que meu amigo disse “Não Vanderson, você é romântico!”.
Pensei sobre o assunto e mudei minha opinião e digo “Sim, sou romântico, mas não aquela visão romântica dos filmes que nos brindam com coisas do tipo “felizes para sempre” ou mesmo “encontrei o amor da minha vida”, isso deixei no passado, mas falo de fazer sexo sem envolvimento algum, isso realmente é uma coisa um tanto difícil pra mim”.
Percebi que ainda não tenho a força do sexo casual, eu disse ainda.

24 comentários:

Bruno disse...

sobre isso eu posso falar com total conhecimento de causa, que tenho tido muita experiência nisso rs
Olha, sexo casual é ótimo, maravilhoso!
Mas essa história de não ter beijo? Oi? Isso significa que o pinto você achou no lixo, mas a boca é tratada com todo carinho e amor?
Eu sou romântico e estou adorando os sexos casuais. E o melhor deles é vocÊ arranjar sua foda-amiga! Aquele cara que sente tesão por vc e vc por ele, mas nenhum dos dois está a fim de se envolver.

Depois de eu namorar por dois anos demorou uma semana para eu conseguir fazer sexo casual de forma tranquila, mas isso pq eu sou um ninfomaníaco e uma semana eu fico louco sem sexo.

E sexo casual com amigo? É ótimo também, mas ele tem que ser bastante amigo seu. Tenho um amigo q brincamos às vezes já que eu e ele somos ativos, mas sentimos tesão pelo outro. E é papo de depois de gozarmos, qdo ficamos abraçados conversando, a gente fala de tudo normalmente (inclusive de outros q ja pegamos).

Bom, acho que respondi seus casos, não na ordem, mas respondidos
rs


bjoooo

Wanderley Elian Lima disse...

Acredito que sentimento não tem nada a ver com sexo. Você pode fazer os dois, sexo sem ou com amor. Cada um tem sua importância. Com amor é melhor, mas o outro também tá valendo.
Bjux

Lília disse...

Hum complicado, acho que estou como você Vanderson, me sentindo romântica! rs

Gabriela Pinheiro disse...

Me senti escrevendo esse texto!

E repito: Percebi que ainda não tenho a força do sexo casual, eu disse ainda.

;-)

Contos da Joii disse...

Eu não faço. E estou bem assim. Boa Noite.

Hugo de Oliveira disse...

Os dois tem importância pra mim....rs.

abraços
de luz e paz

Eduardo Medeiros disse...

Interessante o blog de vocês. Sexo casual? Ora, existe sexo casual? Aí os duas pessoas se veem pelados na cama e de repente um dia:"nossa como isso aconteceu"? "foi tudo por acaso meu bem, tudo por acaso..."

Eduardo Medeiros disse...

Caramba, digitar correndo dá nisso: erros rsss

leia-se: "aí duas pessoas..."
"E de repente um diz..."

FOXX disse...

como assim?
vc não leu meu blog?
vc não me conhece?
durante quase toda minha vida eu só fiz sexo sem envolvimento algum, com pessoas q eu mal sabia o nome e que nunca mais vira na vida, ou com amigos q só estavam afim de gozar e q não mudava em nada nosso relacionamento.
concordo q não é a melhor forma de ter sexo, pelo menos não pra mim, mas é sim totalmente possível.

Paulo Braccini disse...

Sexo é sexo ... não tem nada a ver com amor ... Amor é sentimento e sexo é prazer ... juntar os dois é o must ... mas o sexo pelo sexo é bom e deve ser completo ... de um bom sexo pode até nascer um grande amor ...

é por aí ...

bjux

;-)

Mylla Galvão disse...

Vanderson,

Já fui mto de sexos casuais, mas sem essa de não beijar...
Hj,casada, sou feliz!

Mas respondendo a vc, sem q role pelo menos um sentimento, não rola nada!
E se estiver a fim do amigo, vale falar sim... É melhor um pássaro na mão do q dois voando!

bjinhos

Lobo disse...

Eu acho que cada um sabe de si. Se der na telha fazer sexo casual, faça. Se tiver vontade de fazer com amigo, faça. Se você tiver forças, se aguentar a dinânima, faça. porque não é qualquer um que tem cabeça pra isso não. Exige um dom de desapego danado.

Beijos Van!

Três Egos disse...

Assim, eu já deixei de fazer sexo com um cara gatíssimo porque ele não beijava na boca. Achei aquilo um absurdo e, como você, não achei interessante fazer sexo sem beijo nenhum. Concordo também com a parte de fazer sexo com amigos, uma vez eu disse que nunca faria sexo com uma amiga, nem em um menage a trois, e ela soltou um "que absurdo! por que? nem por diversão?!". Diversão por diversão eu me diverto com outras pessoas e não com alguém que irei conviver no dia seguinte e não poderei mais abraçar, tocar. Mas, por outro lado, eu já fiz sexo casual sim e não foi só uma vez. Porque simplesmente sou complexo demais, uma hora eu exijo demais, outra hora nem tanto e por aí estou caminhando... rsrsrs

Beijo querido!

Stripped & Raw disse...

ah....eu sou "romântica" tb! #fato!

e não há nada de mal nisso tb!

bjs

Glauber P. disse...

Sexo casual? Também faço, e gosto.
sexo com amigo? também fiz, mas pode ter complicações...
Lógico que prefiro fazer com uma pessoa que ame, com quem esteja namorando... mas enquanto não aparece ninguém...
Como o ''Lobo cinzento'' disse, importante mesmo é vc ter cabeça pra isso!
Senão, negão...tsk,tsk

Tathy... Be Happy disse...

Acho q sou uma etezinha... nunca fiz sexo casual, e confesso que nao sinto a menor vontade de fazer...

minhas amigas " praticantes do sexo casual" dizem que depois se sentem vazias..
e deve ser bem estranho, transar com um cara, e no dia seguinte estar sozinha novamente... sem vinculos, sem nomes, sem telefones!
Nao.. nao sou romantica.. mas nao curto sexo casual!

bjokas e adorei o post!

Rafa disse...

No universo femino eu só vi isso acontecer com Samantha Jones (ficção),só!
As que dizem que fazem e que é maravilhoso e blá-blá-blá eu ainda acho que no final acabam se sentindo vazias,enfim,talvez eu tenha um ser romântico no fundo,bem lá no fundo.

Atreyu disse...

[ironia] Digam não a Fornicação Irmãos!!!
Buda está triste com você, irmão blogueiro!!!
Não seja OCO.. abra seu coração pra o sol nascente e se converta [/ironia]

Mauri Boffil disse...

eu amava transar por transar quando estava solteiro... aliás, foi assim que conheci o Kai.
QUando oc ara certo não aparece, divirta-se com os errados.

Ricardo Aguieiras disse...

Nenhum problema com o sexo casual.. muito menos coma "promíscuidade", palavra muito usada pelos medíocres moralistas de plantão que adoram controlar o próximo, seja no corpo ou na alma, como bem preconizava Foucault e Deleuze , ao denunciarem a Sociedade de Controle...Mas, moralistas e medíocres lêem Foucault?
Resgate seu corpo! Nem o Estado; nem a sociedade, nem as religiões e nem o próximo têm a ver com o uso que você faz dele, no SEU quarto, na SUA cama. Sendo consensual, qual é o mal?
Ricardo
aguieiras2002@yahoo.com.br
http://dividindoatubaina.wordpress.com

Sayoss disse...

Sexo casual: deve ser possível. Nunca fiz, mas é que o desejo em mim sempre veio ligado a algum envolvimento, mesmo que não tão grande. Nem sou romântica, mas ate agora foi assim e não achei por bem violentar essa natureza. Mas "sexo é tão bom, que até ruim é bom", por isso tenho uma invejinha dos livres de mentes e corpos! ;)

Antonio de Castro disse...

eu percebi q eu tô doido pra fazer sexo com ex.

pronto falei

dand disse...

Hum, será que se vc viesse pro rio hoje, estaria preparado??!! hein, hen Van,?!

Enfim. Já pratiquei, este ano pela primeira vez, e foi super do bem, me desbloqueei, e te digo que vc pode ser romântico e praticar um sexo casual sem problemas,. Na hora tudo flui, , segundos depois vc ja esqueceu quem é a pessoa. sm, mudei muito do ano passado pra cá.

Abraço querido.Te espero quei, mas nao casualmente.*-*

Imilena disse...

Tb não me vejo nessa situação. não consigo me imaginar indo pra cama com alguem que eu não tenha pelo menos o grau 1 de intimidade...
bjs t++