quinta-feira, 17 de junho de 2010

A taça do mundo.


Fazia quanto tempo mesmo que eu não via essa combinação verde x amarelo tão forte nas ruas,nas unhas,na maquiagem das mulheres,nas vitrines das lojas? Ah! a exatos quatro anos!

AÊÊÊÊ!!! Chegou a copa e com ela o patriotismo temporário...
A pergunta que mais se escutava nos dias que antecedia a estréia do Brasil na copa era: -E ai,vai assistir ao jogo onde? Parece até a pergunta que a gente não cansa de escutar na época do carnaval(‘’Vai pra onde no carnaval? ‘’). E é bem isso mesmo que a copa se torna: um carnaval fora de época onde tudo para,os problemas cessam,as contas somem, os vizinhos todos se tornam amigos de infância (sim, são). Porque sempre rola a cota pra enfeitar a rua, o revezamento pra amarrar as bandeirinhas, a bandeira pintada no asfalto e blá, blá,blá!

No dia-dia não se vê tamanha mobilização quanto a que há na época da COPA. Eu queria ver essa garra e vontade de vencer quando se vai às urnas, ou quando somos submetidos a situações vexatórias como a que nós fortalezenses estamos passando há 10 dias: greve de ônibus, onde a frota foi diminuída e o impasse empresários x sindicato não chega a um denominador comum e a prefeita não se pronuncia. E enquanto isso quem paga o pato? A população ,claro! Filas intermináveis,lotação,empurra-empurra... seria bom que nessas horas todos comprássemos a camisa verde-amarela e uma vuvuzela e saíssemos as ruas em protesto.

Por favor,nada contra torcer pelo Brasil na copa e afins. Isso acima é só uma opinião de uma mulher (que o povo diz que não entende nada de futebol e sim só de novelas) que não suporta o amor a pátria de alguns dias. A única coisa que eu gosto dessa época é que ela é um motivo pra se sair mais cedo do trabalho e encontrar os amigos no bar da esquina... rsrsrrsrss

Mas só pra não perder o costume: Vocês vão assistir ao jogo de domingo onde?

10 comentários:

Rafael Cardoso disse...

A copa acaba sendo o exemplo mais imediato de mobilização de uma massa, mas acho que isso tem explicação: na copa, o objetivo é comum por falta de alternativas (ganhar, só isso) e isso acaba unindo pessoas que no dia-a-dia não se dão a oportunidade de saber quais são seus objetivos, por que ou quem elas torcem.

A posição hoje é de passividade. Todos se revoltam contra as barbaridades que acontcem, mas dá muito trabalho sair de casa pra ir cobrar mudanças ("Ficar plantado na prefeitura esperando atendimento? Magina!"), mais fácil mandar uma carta pra aquele progrmaa de TV ("eles contam minha típica história de brasileiro sofrido e em troca me dão 100 mil em barras de ouro, daí o MEU problema estará resolvido").

Bruno disse...

Até ia comentar no blog mesmo. Acho a coisa mais insuportável do mundo esse patriotismo temporário.

Mas vamos combinar que pintar unha de verde amarelo é muito feio, né? rs

FOXX disse...

copa? oi?

Paulo Braccini disse...

não gosto de futebol e menos ainda da tal de copa ... mas estou feliz com esta q está acontecendo lá na África ... imagina daqui a 04 anos com tudo aqui ... verdadeira visão do inferno ...

Bjux Rafa

;-)

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Rafa
Concordo plenamente com você. Onde está o povo brasileiro quando é necessário unirem-se para reivindicarem os seus direitos? Sumiu.
Beijos

Mônica disse...

Foi pra farrear, a galera se une. Mas qdo se trata de lutar por uma causa nobre, todo mundo faz cara de paisagem e finge que é com o vizinho.

E nem sei onde vou assistir ao jogo domingo...rs

Bjs

Mauri Boffil disse...

hahaha, vou assistir na cama do Kai e tenho que ajeitar minha coluna até lá

Dil Santos disse...

Oi Rafa, vc tá bem?
Menina, eu já estou enjoado de tanto verde amarelo, cornetas, e tudo mais. As vezes (sempre) o barulho é torturante demais, isso pq eu detesto futebol.
Menina, fiquei com o tocar terror na cidade, kkkkkkkkkkk

Van, tu tá bem?
Menino, curtiu muito o dia dos namorados? rsr

Desculpa a demora em vir responder, mas estava super corrido pra mim eses dias.
Ah, vota em mim no top blog, vc vai receber um e-mail sobre seu voto, aí é só clicar pra validar, brigadão.

Bjo Rafa, abraço Van, rs
:)

Lobo disse...

Compartilho essa sensação com você Rafa. A copa só serve para folgarmos mais dias mesmo. Não entendo qual é a desse patriotismo maluco e súbito, sobre uma coisa que não muda nada na vida de ninguém...

Um beijo!

danielochefe disse...

..Pelo menos no futebol o Brasil conseguiu ir pra frente..pq tudo acaba sendo sempre uma decepção..no Brasil nada da certo..tudo é difícil..complicado..No futebol o esforço e a esperança tem valido a pena..tanto é...que o único lugar que o brasileiro ainda houve o hino nacional é num jogo da saleção...ou na morte de um politico...afinal são 2 bons motivos pra comemorar...rs..