segunda-feira, 15 de março de 2010

Felicidade Vendida Engarrafada



Sabe quando você tá meio cabisbaixo depois de uma semana estressante na faculdade e trabalho e só vem uma coisa na sua cabeça “tomar a felicidade engarrafada”? Pois é!! Quando se joga uma “cervejada” na boca é bom demais vem logo uma alegria e uma vontade de conversar e tudo fica tão mais engraçado, mas olhem, não estou fazendo apologia à bebida alcoólica não, só aprecio uma cerveja bem gelada na sexta à noite e também no sábado pra dá uma “quebrada” no estresse que ainda, por ventura, tenha restado na sexta e se a bebida vier acompanhada de uma dançada bem forte numa boate aí fecha o pacote de vez.
 Fazia algumas semanas que não molhava minha garganta com uma bebida alcoólica e nesse fim de semana o fiz, comecei na sexta à noite com um vinho fantástico na comemoração particular de “um ano” com o meu amor. Fiquei de pileque (fazia tempo que não bebia vinho).
No sábado e no domingo me joguei dentro da minha amiga cerveja gelada e comendo aquele caranguejo em casa (sábado) que é só uma coisa: maravilhosoo!! No domingo foi na casa do Axey e fiz uns petiscos e bebemos sozinhos. Felicidade plena.
Eliardo, Rafa e eu sempre falamos que a cerveja é a “felicidade engarrafada”, pq ela já regou muitos momentos inesquecíveis da gente, risadas sem fim, saídas fantásticas e muito fuáa claroo!! E é a ela que recorremos quando estamos felizes ou tristes, ligamos uns pros outros e nos jogamos numa mesa de bar qualquer, mas a “felicidade engarrafada” não seria nada se nessa mesa não tivéssemos amigos e amores verdadeiros para compartilhar conosco os sucessos e os fracassos de cada um e deixo bem claro que é muito mais sucesso do que fracasso e tenho dito!

17 comentários:

EDILBERTO GONDIM disse...

Valha meu Deus!!! existe suco da felicidade? tomara que sim, se nao vou ficar triste, to proibido de beber essa garrafa da felicidade...

ralmente não ha nada melhor do que a companhia de quem amamos, e muito bom poder contar com alguem...

espero que ao menos exista coco da felicidade heheheeheheheheheheheh

Wanderley Elian Lima disse...

Olá amigo
Adoro felicidade engarrafada, fico feliz toda quarta, sexta e sábado, só não como caranguejo porque aqui na minha terra não existe. Na quarta feira todo com os amigos, na sexta e sábado com o meu amor. É tudo.
Bjux

Fabiano (LicoSp) disse...

eu num posso... tenho q dirigir.
mas entre uma cerveja e uma caipirinha, fico com a última.

bjux

Mauri Boffil disse...

pode me chamar de Renata, mas amo essa felicidade engarrafada!

EFS*** disse...

ps. O que vem a ser um "fuáa" ?

EFS*** disse...

Ah eu concordo com a "Felicidade engarrafada" ontem mesmo acabei matando os dois últimos horários da facul pra tomar uma cerveja com uma amiga, foi sem querer (querendo) mas estava tão bom, muitos assuntos, muitas gargalhas, foi fantástico!

Concordo, carimbo e assino em baixo! ;)

katty disse...

nada como sair da faculdade, encontrar com os amigos num barzinho, música boa e a velha gelada de sempre. Concordo com você. beijos

Mylla Galvão disse...

É a cerva pode ser a felicidade engarrafada, mas para aqueles que não sabem tomar só uma... é melhor não tomar nenhuma...
Nessa quaresma tô de quarentena!!!

bjão

Edilson Cravo disse...

Querido Vanderson:

Obrigado por sempre estar prestigiando meu blog.A felicidade vem engarrafada e fora da garrafa. A cerveja (ou outros bebidas) já causaram muitos momentos felizes e alguns nem tanto...rs
O importante é aprendermos a lidar com as diferenças, com as dificuldades e ainda sorrir, sorrir muito, porque a vida é o maior presente que Deus nos deu. Linda semana...bjssss.

dand disse...

Oi vam querido, desculpe minha ausencia, meu sumiço mas to trabalhando horrores.
Eu adoro felicidade engarrafada tb. Sexta e sabado passado eu estava precisando beber, e sai mesmo. fui pra boate. Bebi fiquei felicíssimo hahaha.
Agora esse negócio de caranguejo, morro de mero. Prefiro camarão.

Bjão pro cê viu?
saudades sempree.

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Hahaha verdade, eu tb adoro felicidade engarrafada rs.
E amo caranguejo!

Nada mais gostoso que reunir-se com amigos.

E muito obrigado pela visita no blog, gostei muito do seu. Vou seguir. Abraços

Luciano A.Santos disse...

Vanderson,

Bem que esou precisando tomar uma dessas felicidades engarrafadas, mas o perigo é a gastrite vir de brinde. #comofaz?

Abraços. E curta!

Paulo Braccini disse...

primeiro agradecer ao carinho de vcs durante minhas pequenas férias ... morrendo de saudades dos amigos ... mas enfim ... eis-me aqui de volta ...

felicidades engarrafadas ... atualmente não bebo tanto mais ... e entre um vinho ou uma cerveja fico com uma caipirinha ou uma caninha pura mesmo ... rs ... mas tudo com moderação ... acho que já bebi tudo o que tinha que beber na vida ... kkkkkkkkk

bjux para vc e para o amor, para a Rafa e para o Eliardo ...

aff ... que vontade de ir para o nordeste comer camarão ... ummmmmm

;-)

Guy Franco disse...

Querido, vem aqui. Isso, sente-se. Bobagem não querer fazer apologia ao álcool. Um dia ainda escrevo sobre isso, me cobre. Mas as pessoas deveriam beber antes de tudo o que fizessem com outras pessoas. Pouco, claro. Elas ficam mais toleráveis e talvez mais inteligentes. Vem. Tomemos um pouco de cerveja.

... disse...

Eu bebo sim!
E muito!
Hahahaha!!!!
Valeu pela visita e comment na Vaca!!!! Volte sempre! Hugz!

Rafa disse...

Eu bebo sim!E estou vivendo,tem gente que não bebe e está morrendo...

kkkkkkkkkkkkkk

Lobo disse...

Dessa felicidade engarrafada estou fora!

Prefiro a felicidade sóbria. meu fígado agradece ahaahauahau

Abraços!