segunda-feira, 16 de novembro de 2009

A ''de menor'' ...





A gente fala tanto desse Dragão que parece que fazemos parte de algum programa turístico com intuito de promover o turismo local, mas é que realmente, com a gente, quase tudo acontece por aquelas redondezas.E o caso, digamos, engraçado que aconteceu comigo semana passada, pra variar, foi num barzinho pelos arredores do Dragão.
Essa semana (quando escrevi foi na semana corrente, mas como tava sem PC, entenda-se por essa semana, a última do mês de outubro) recebemos uma visita ilustre (a famosa D. Graça, sogra do Vanderson) diretamente de Paulo Afonso (a cidade tão falada) e pra onde poderíamos levá-la?Ao Dragão, claaaaro!Fomos tomar uma cerva num daqueles barzinhos... Até ai, coisa de praxe!
Só que ocorreu um episódio que na hora ficamos embasbacados (tipo, tinha de ser justo na nossa mesa), mas depois a gente riu da situação.
Estava eu lá de máquina em punho, pronta pra registrar D. Graça e seu genro,quando de repente,não mais que de repente, surgem dois policiais do lado da nossa mesa e um deles dispara sem ao menos nos desejar boa noite: - A identificação, por favor!Nessa hora, Vanderson saca da sua carteira de identidade e todo risonho a mostra aos policiais, que nem pegam nela, só o olham com desdém (tipo, olha ai... esse ‘’doidim’’ querendo se passar por de menor, quem ele pensa que engana?!) e viram-se em minha direção: - minha filha, cadê sua identidade? E eu, me tremendo todinha, saco da minha bolsa e procuro essa identidade... Procura em vão ¬¬
Daí eu solto: - Serve a carteira de estudante?
Nessa hora o policial nada simpático, aumenta o tom da voz e diz: - Tu é menor de idade é menina? (eu pensei: quem me dera, eu aqui beirando os 24, já já tenho de começar a usar renew). Vanderson se mete e diz: - Essa ai?!De menor?!(gaitadas).
Eles aceitam minha carteira de estudante e vêem que eu realmente não era menor de idade, depois desse constrangimento é que eles explicam do que se trata(isso só depois de nós nos tornarmos o centro das atenções daquele bar). Alegaram que era um trabalho que eles estavam fazendo ,com intuito de diminuir a ingestão de bebida alcoólica por parte dos menores de 18 anos e a prostituição infantil.
Trabalho importante, até apóio, mas que deveria ter uma abordagem melhor!

9 comentários:

Mônica disse...

Eles fazem isso pra intimidar mesmo, acho que na base do "quem não deve, não teme", mas esquecem que muitos que devem são cara de pau e nem se abalam com isso...rs

FOXX disse...

gente
adoro qndo me pedem identidade tb
kkkkkkkkk

Mauri Boffil disse...

uhauhauhauhauahauhaa
ai, saudades de quando me barravam...
hoje nem em portaria de motel me barram mais =/

Dil Santos disse...

Oi Rafa, tudo bem?
Menina, adorei, kkkkkkk
E com toda certeza, eles deveriam fazer uma abordagem mais sutil, com maior educação.
A transparência é algo sério q as vezes pode nos colocar numa daquelas, rs, adooorro, rsrs

Bjo
:)

Vanderson disse...

mininaa e outraa
puxei mesmo a minha identidade pq tu sabe q aki acolá eu sou barrado em entradas de festas!!
kkkkkkk
adoooroooo quando isso acontecee
mas foi mesmo óo a abordagem foi pesada!!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
ai aiiii
cada uma q acontece coma gente lá né?!!
hehehehhehe

Eliardo disse...

o pior foi a advertência sobre a prostituição infatil. Tu acha!!! tu toda vestida como quem vem da missa, e o guarda pensar que tu era de menor e a gente os cafetões. ¬¬
Sei naum viu.
hehehehhe

daniel disse...

..carteira de estudante é...era uma mãozada q eu levava..."ta me achando com cara de trocador é"..rs..e a segunda pergunta era ..." aonde é q tu mora ?"...rs..cuidado..é criança uma hora dessa é pra ta durmindo..no berço..

Mylla Galvão disse...

Olha... Policial é uma coisa de outro mundo!!!
Eu, voltando da casa de uma tia, o camburão parou ao lado de um cidadão, q estava voltando da missa, e deu uma geral nele???
É mole???
E qdo desci mais um pouco, um marginalzinho falou em alto e bom som:
_ Escapei de uma!!!

Eu apenas balancei a cabeça e o policial ainda me fuzilou com os olhos!!!

Eita cambada de burros!!!

Bjs

Dil Santos disse...

Oi Rafa, que bom q está tudo bem com vc, fico feliz por isso.
Comigo está tudo ótimo.
E o cursinho deveria ser intensivo, rsrs

Bjo
:)